sexta-feira, 4 de novembro de 2011

UMA ATITUDE GROSSEIRA !

Vivemos, e isto não é nenhuma novidade, num mundo cão onde as pessoas desrespeitam os conceitos mais elementares de uma vida em sociedade.
Não quero aqui dizer que sou um Homem sem defeitos, Todo ser humano tem defeitos, uns mais, outros menos, uns graves, outros menos graves: Tenho, entretanto uma consciência que, no meio onde convivo, com as pessoas da minha familia, com outras que são verdadeiramente amigas e porque não dizer com o povo de Martins em geral, sou respeitado, acatado como cidadão porque nada cometi, ao longo da minha vida, apesar de ainda ser bastante jovem, que viesse de uma forma ou de outra denegrir o meu caráter e a minha formação rígida que recebi, graças a Deus e aos meus pais. Toda Martins me conhece , pertenço a uma familia pobre em recursos de ordem financeira porém rica em ética, Moral e Dignidade:

Se alguma pessoa , por questões de cunho que desconheço pois nunca de propósito ofendi ninguém e muito menos discriminei quem quer que seja de forma deselegante,assim agiu contra mim, numa prova de despreparo irresponsabilidade e talvez inveja, ai eu nada posso fazer a não ser reconhecer que, nem sempre as pessoas que frequentam cursos superiores, são portadores da formação condizente a uma vida em sociedade, são talvez revoltados por não conseguirem algo na vida que o credencie como sendo uma pessoa de bem.

Existem, é verdade, várias formas de se proceder o desrespeito: Dentre elas posso citar a não identificação com os valores que devem ser inerentes ao ser humano: A falta de auto afirmação profissional, a disputa por um prestigio cujo valor próprio não é suficiente para conseguir no campo do trabalho porque ai falta talvez competência, trabalho, honestidade, Respeito para com o próximo e o único Caminho encontrado é exactamente querer subir, aparecer na vida, derrubando tudo que vem pela frente, inclusive a dignidade alheia.

Não é por ai. A estrada é outra. É a estrada da lealdade, do compromisso, da seriedade e acima de tudo do respeito para com as pessoas, tenha elas posições iguais as nossas ou não, pertençam ou não ao mesmo grupo politico, social etc.

È evidente que estou me dirigindo a alguém que de quem recebi agressões publicamente e cujo nome, em Respeito a minha maneira de ver o ser humano, não quero aqui declinar, E nem sempre precisa. Muita gente sabe do que estou falando e de quem estou falando porque ELE, o AUTOR da ofensa não vai entender logo que começar a ler ? vai sim e ai talvez seja possível fazer uma reflexão e ter mais cuidado quando quiser desabafar um ódio armazenado dentro do seu próprio ser.

Tenha mais cuidado com as palavras. As vezes elas ferem tão profundamente que não apenas deixam marcas em quem as pronunciam, mas acima de tudo Mostram a um povo o poder da maldade na tentativa fracassada de querer sobrepor-se, de forma incompetente e de alcançar um objectivo para o qual não está preparado porque acima de tudo a própria alma esta carregada de maldades que só uma mudança radical seria capaz de atenuar.

Tente, faça isso. lute sem magoar, sem querer machucar. quem sabe talvez você se sinta melhor como HOMEM, como CIDADÃO e mais realizado profissionalmente.

MEU NOME É FELIPE JOSÉ DOS SANTOS, CONSELHEIRO TUTELAR ELEITO COM QUASE 900 VOTOS, FILHO DE DINHO DE ZÉ DOS SANTOS E DE HILDA, UM CASAL POBRE, COMO JÁ DISSE MAS QUE SEMPRE MERECEU A CONSIDERAÇÃO DO POVO DE MARTINS !

não vou dizer que estou magoado. Quem não tem sensibilidade poderia até nem ficar. Minha vida é conhecida por todos os meus conterrâneos, Ontem, hoje me no Amanhã, tenha certeza, farei tudo buscando subir na vida. Uma coisa entretanto é certa: Não usarei artifícios dessa natureza. Isso é pobreza de espírito, è desumanidade e tenha certeza não lhe conduzirá a nenhum porto seguro, e sim ao porto da incerteza, da intranquilidade, da falta de uma consciência clara e assim continuando a agir , o barco que lhe serve de transporte, não aportará em lugar nenhum pois inevitavelmente mergulhará nas águas impuras que caracterizam a forma de viver de certas pessoas.

peço desculpas se na minha defesa, em algum momento fui ríspido.È assim mesmo. estou defendendo a minha dignidade e na defesa dela, tenha certeza, não medirem consequencias para mantê-la integra como tenho feito até hoje.

peço igualmente desculpas, especialmente aos senhores leitores pelos inevitáveis erros de português aqui cometidos. Também pudera nunca vi uma faculdade e ai nesse aspecto, tudo é Compreensível.

Nenhum comentário: